fbpx

Depressão pós-parto: principais sintomas, causas e tratamentos

Publicado em 27 de dezembro de 2019 por

Hoje vamos conversar sobre a depressão pós-parto, e como ela afeta a saúde psicológica da mulher depois do nascimento de seu filho. Essa doença não tem uma causa única, podendo ser desencadeada pela combinação de fatores emocionais e físicos. Segundo pesquisas, de 70 a 80% das novas mães são afetadas pela Baby Blues (ou tristeza materna). Só no Brasil a depressão pós-parto atinge 1 a cada 4 mulheres. Mas como ela surge?

Muitas mães passam pela tristeza materna após o nascimento do bebê. Nesta fase, mudanças de humor, ansiedade, dificuldades para dormir e episódios de choro podem ser percebidos. O baby blues começa nos primeiros três dias após o parto e costumam durar até duas semanas. No entanto, algumas mulheres experimentam uma forma mais severa e duradoura de depressão. Pacientes nesta situação apresentam risco de desenvolver depressão em outro momento da vida. Quando não tratada ela pode durar muito tempo.

No começo ela pode ser sim confundida com baby blues, mas os sinais e sintomas além de serem mais intensos, duram mais. A depressão pós-parto interfere na capacidade da mãe em cuidar do seu bebê e lidar com as tarefas diárias. Os sinais costumam se desenvolver nas primeiras semanas, mas também podem demorar a aparecer.
Entre os sintomas podemos destacar:

Dificuldade de desenvolver uma ligação amorosa com o bebê;
• Afastamento da família e dos amigos;
• Mudanças severas de humor;
• Perda de energia;
• Alterações no apetite (falta ou excesso);
• Choro constante;
• Medo de não ser uma boa mãe;
• Ataques de pânico e ansiedade grave;
• Entre outros.

Se você apresenta um ou mais sintomas, procure ajuda profissional. A terapia é capaz de auxiliar a mulher a ter uma melhor qualidade de vida, existe tratamento para a depressão e quanto antes diagnosticada, maiores são as chances de sucesso. Você precisa estar bem, para aproveitar a nova fase da sua vida, fase essa que é cheia de descobertas, realizações, cumplicidade, mas principalmente repleta de amor. Seu filho precisa de você, busque nele incentivo para se tratar e melhorar o quanto antes. Cuide-se e curta muito a sua vida, ao lado da sua família. Estou aqui torcendo por vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *