A fase da papinha chegou, e agora?

Publicado em 3 de janeiro de 2020 por

Depois do período de aleitamento materno exclusivo, que vai até o sexto mês de vida, uma grande mudança acontece na vida dos bebês, além do leite eles passam a ter contato com outros sabores. Essa nova fase costuma ser complicada, pois algumas crianças não aceitam a novidade, mesmo assim, os papais devem introduzir as papinhas na rotina dos filhos, tanto doces como salgadas.

No primeiro ano de vida, o bebê passa por algumas mudanças alimentares. Enquanto recém-nascido, a recomendação é de que ele seja alimentado apenas com leite materno, até os seis meses. Depois, conforme outros alimentos são apresentados, a criança se acostuma aos poucos a nova rotina.

Pensando nisso, criei um cronograma que faz referência ao primeiro ano de vida do seu filho e como a alimentação pode mudar neste período. Acompanhe:

Depois dos seis meses: A alimentação do bebê é composta de leite materno, uma papinha de frutas e outra salgada (apenas uma vez ao dia);

Depois dos sete meses: O menu agora é composto pelo leite materno, uma papinha de frutas e duas salgadas por dia;

Depois dos nove meses: Nesta fase, o cardápio do bebê pode acompanhar o da família, claro que com ajustes na consistência dos alimentos, por conta da dentição da criança;

Aos 12 meses: Nesta fase, o bebê já acompanha a alimentação saudável da família, mas se na fase de introdução aos alimentos, ele não aceitar bem a novidade, vale a pena complementar a refeição com leite materno.

Uma dica importante é optar por alimentos coloridos e frescos, além de variar no cardápio, a fim de evitar que a criança cresça seletiva demais. Amasse todos os alimentos (separadamente) e deixe seu filho experimentar e sentir o gosto de cada um deles. Montar pratos divertidos (com olhinhos e boca, por exemplo), também é interessante e pode estimular seu bebê a comer tudo.

É importante lembrar que refrigerantes, alimentos gordurosos, tempero em excesso e alimentos processados devem ser evitados, pois podem fazer mal à saúde do seu filho. Estou torcendo para que a fase da papinha seja muito saborosa e positiva. Uma boa alimentação traz resultados satisfatórios a todos nós, não se esqueça disso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *